Contatos:

economiasolidariaempernambuco@yahoo.com.br

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

REUNIÃO DE ARTERECICLADORES. - Recife - PE

REUNIÃO DE ARTERECICLADORES.

Estamos confirmando nossa 1ª Reunião dos Arterecicladores no dia 09/11/2013 conforme deliberamos em nossa plenária durante a Feira dos 3 Rs na UNICAP.

Ficou impossibilitada de ser na FAFIRE, por tanto transferimos para a sala do Projeto Ramá no CTC no Bairro dos Coelhos em frente ao IMP . (Casarão do Pró-criança), Recife - PE.

Horário: 9 horas
Lanche solidário (Cada um traz algo para compartilhar)

Favor confirmar recebimento.

Abraços

Artur Melo
Artana e Cia/UNEES




quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Jaboatao dos Guararapes - Conselheiros da Economia Solidaria são empossados.

Estimular o consumo, produção e a distribuição de riquezas voltadas para a valorização do ser humano. É com essa finalidade que foi criado em Jaboatão dos Guararapes o Conselho Municipal de Economia Solidária, que teve na tarde da última terça-feira (29/10), no auditório da Prefeitura, em Prazeres, a posse de seus conselheiros. O órgão, implantado através da lei municipal de número 711/2011, de autoria do vereador Edmilson Monteiro, é composto por representantes do poder público e da sociedade civil.

Formado por 24 integrantes, sendo 12 titulares e igual número de suplentes, o Conselho é propositivo e deliberativo e terá a atribuição de aprovar a política municipal de fomento à Economia Solidária. “Vai ser responsável por definir os critérios para a seleção dos programas e projetos financiados com recursos do Fundo Municipal de Fomento, além de acompanhar e avaliar a gestão dos recursos, os ganhos sociais e o desempenho dos programas e projetos financiados pela Prefeitura”, avaliou o secretário executivo de Trabalho e Qualificação Profissional, Hélcio de Mattos.

Já a secretária de Planejamento, Gestão Estratégica e Desenvolvimento Econômico do município, Mirtes Cordeiro, ressaltou a relevância que o conselho terá na implantação de políticas públicas voltadas para o segmento. “Essa gestão tem uma grande tradição no fortalecimento de seus conselhos, que por sua vez carrega a visão da população no debate”, afirmou Mirtes.

Entre os conselheiros, o sentimento era de esperança. “A criação desse órgão permitirá que mais políticas públicas sejam realizadas na área da economia solidária”, disse Erica Michele Alves, representante da Associação do Instituto Peró. 

Confira abaixo a relação dos conselheiros empossados.

Representantes do Poder Executivo

1 - Representantes da Secretaria Municipal de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Econômico
Titular: Márcia de Alencar Araújo 
Suplente: Nelino José Azevedo de Mendonça 

2 - Representantes da Secretaria de Políticas Integradas 
Titular: Cilene Cadena Cavalcanti 
Suplente: Alexandre José de Souza 

3 - Representantes da Secretaria Executiva de Meio Ambiente 
Titular: Sandra Ferraz de Sá Wanderley 
Suplente: Ana Maria Tinoco Machado de Albuqueque

4 - Representantes da Secretaria Executiva de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo 
Titular: Paulo Antônio Leitão Maranhão 
Suplente: Raimundo Machado Melo

5 - Representantes da Secretaria Executiva da Mulher 
Titular: Margarete dos Santos Calado
Suplente: Dinah Figueroa dos Santos

6 - Representantes da Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo
Titular: Helcio de Mattos 
Suplente: Reginaldo S. Cavalcanti Guimarães Filho

Representantes da Sociedade Civil

1 - Representantes da Faculdade dos Guararapes 
Titular: Felipe Machado de Moraes 
Suplente: Wagner Solano de Arandas

2 - Representantes da Associação Instituto Peró 
Titular: Luanna de Pinho Cavalcanti 
Suplente: Erika Michelle Alves Pereira 

3 - Representantes da Associação de Artesãos do Jaboatão 
Titular: Maria Ednice Santos 
Suplente: Janete de Oliveira Ferreira

4 - Representantes do Grupo da Melhor IdadeFlor do Carmelo 
Titular: Hilda Henrique da Silva Rocha 
Suplente: Clarice Alves da Silva

5 - Representantes do Grupo de Artesanato Mariart 
Titular: Marineide Silva Amorim 
Suplente: Maria Cristiane dos Santos

6 - Representantes da Cooperativa de Coleta Seletiva 
Titular: Janine Maria da Silva 
Suplente: Amaro Epifânio

domingo, 1 de setembro de 2013

Mobilização nacional em defesa da Carta Magna, dos Direitos Indígenas e da mãe Natureza



Fonte: Vanessa Schottz (FBSSAN)


Articulação dos Povos Indígenas do Brasil convoca mobilização nacional em defesa da Constituição Federal

                              Mobilização nacional em defesa da Carta Magna, dos Direitos Indígenas e da mãe Natureza

                              A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), composta pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (APOINME), Articulação dos Povos Indígenas do Sul (Arpinsul), Articulação dos Povos Indígenas do Sudeste (ARPINSUDESTE), Conselho dos Povos Indígenas de Mato Grosso do Sul e pela Grande Assembléia do Povo Guarani (ATY GUASU), que, por sua vez, reúnem na sua base centenas de associações e comunidades indígenas, considerando:

                              Que os direitos constitucionais dos povos indígenas, dos quilombolas e de outras populações tradicionais, assim como os seus territórios, encontram-se sob forte ataque por parte de interesses econômicos poderosos, que defendem o seu direito à propriedade mas não respeitam os nossos direitos coletivos à nossa terra sagrada, e ainda querem tomar para si as terras públicas e os seus recursos naturais;

                              Que há uma ofensiva legislativa sendo promovida pela bancada ruralista contra os direitos originários dos nossos povos, os direitos de outras populações tradicionais e os direitos de todos os brasileiros ao meio ambiente saudável, por meio de dezenas de projetos de lei e emendas à Constituição – em especial a PEC 215/00, PEC 237/13, PEC 038/99, PL 1610/96 e PLP 227/12 – que afrontam, inclusive, acordos internacionais assinados pelo Brasil, como a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), e a Declaração da Organização das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas;

                              Que o próprio governo federal tem mantido uma conduta omissa, em relação aos direitos dos povos, e conivente com os interesses dos ruralistas e do latifúndio, nossos inimigos históricos, que durante o ano passado aprovaram um novo Código Florestal adequado aos próprios interesses e este ano pretendem aniquilar direitos indígenas ao território. Uma conduta que se materializa em medidas como a Portaria Interministerial 419/2011, a Portaria 303/2012 da Advocacia-Geral da União, e o Decreto 7957/2013, e que se traduz, dentre outras, nas paralisações: da demarcação das terras indígenas, da criação de unidades de conservação, da titulação de quilombos e da implementação da reforma agrária.

                              A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) convoca todos os povos e organizações indígenas do país assim como os demais movimentos sociais do campo e da cidade, para uma Mobilização Nacional em Defesa da Constituição Federal, nos seus 25 anos de existência,  e pela Implementação dos Direitos Territoriais dos Povos Indígenas, dos Quilombolas, de outras comunidades tradicionais, dos camponeses e da Mãe Natureza, entre os dias 30 de setembro e 05 de outubro de 2013.

                              As manifestações de adesão e apoio devem ser encaminhadas para direitosindigenas25anoscf@gmail.com.

                              Saiba mais:http://mobilizacaonacionalindigena.wordpress.com/

Empreendimentos para o Cirandas Pernambuco.



Boa tarde a todas e todos.

Estamos neste momento (UNEES) encerrando a nossa parte com o trabalho de incentivo a participação de Empreendimentos no Cirandas.net ( http://cirandas.net/fbes/o-que-e-o-cirandas ), como "cirandeiros/FBES"  esperamos ter dado o melhor de nossa parte, já que este trabalho de incentivo era para ser do FES-PE como um todo.

Dia 09 é a data final, o funcionamento dos sites no Cirandas.net  o FBES dará através de vídeo aulas que já encontra-se disponível na pagina do mesmo, o FES-PE terá que enviar o nome e os dados dos que querem participar.
O FBES prepara os sites e encaminha tudo para os empreendimentos em um mês mais ou menos.

Veja no link abaixo

Mata Sul:
Ficou de enviar os nomes dos empreendimentos (Sandra Leoni), caso tenha os empreendimentos que faça na reunião do dia 03 /09 em Palmares diretamente com a Coordenação Executiva.

Sertão
- O Cafe com Arte (Petrolândia) que pediu já tem e não tinha aberto ainda.
- A Rede de Mulheres do Pajeú (Afogados da Ingazeira) também já tem só faltava a senha de acesso.
Em ambos o caso já foi encaminhado o pedido da senha.

Metropolitana:
1 - Artes do Sonho - Paulista
2 - Amarte - Recife
3 - Maracatu Pinguim - Araçoiaba
4 - Associação Curado Artes - Jaboatão
5 - Mulheres de Art - Jaboatão
6 - Rede de Mulheres Economia Solidaria e Feminismo  (Coord. Guayi)
7 - ESCOES - Recife

ACAAPE também pediu só que a ACAAPE esta como assessoria e o FBES só aceita empreendimentos.(Para a Coordenação decidir).

Mata Norte e Agreste:
Não se manifestaram até a presente data.

Até o dia 08 ou 09 de setembro o FES-PE deverá encaminhar de acordo com o que ficar decidido na reunião em Palmares no dia 03/09.

Lembrando que em todos os caso o e-mail é obrigatório para a abertura do Site.

 
 
Artur Melo

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Inclusao de Empreendimentos no cirandas.net



Bom dia Empreendimentos de Ecosol em Pernambuco.

No link abaixo estão os 1527 Empreendimentos que já tem site e consequentemente uma loja virtual e todo tipo de material disponível no Cirandas.net

Alguns poucos estão ativados, todos que estão nesta listas são os mapeados ate 2007, caso o seu não esteja entre estes encaminhe o nome completo do grupo, fone e e-mail (e-mail eh obrigatório) para unees_pe@rocketmail.com aos cuidados de Artur Melo para que possamos encaminhar a coordenação do FES-PE (Fórum de Economia Solidaria de Pernambuco) ate o dia 30 as 12 horas. Faremos a listagem e encaminharemos para a Coordenação Estadual e Executiva para as devidas providencias.

Lembrando que o cirandas.net foi um reivindicação dos empreendedores de todo o Brasil que pediram a criação de um sistema na Rede Mundial de Computadores (WEB) no encontro Nacional de Empreendedores de Economia Solidaria em 2003 para o Fórum Brasileiro e eh direito de todos os empreendimentos solidários que auto se declarem dentro dos princípios da Economia Solidaria participarem dele.

abaixo o link dos empreendimentos de Pernambuco que ja estao cadastrados.
http://cirandas.net/search/enterprises

Abaixo o link da pagina inicial do cirandas.net

http://cirandas.net/pernambuco


Artur Melo
Artana e Cia/UNEES

domingo, 28 de julho de 2013

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Acorda Pernambuco.


Gente! Isto é uma foto montagem, bem mal feita por sinal, mas é uma forma de chamar a 
atenção de nossos Fóruns, Empreendimentos, Entidades de Apoio e Fomento, Gestores Municipais e Estaduais. Pernambuco esta perdendo o "bonde da Historia", em muitos estados da federação, em varias cidades deste "brasilzão" estão "florescendo" as lojas, bodegas, centros de comercialização e muitas outras formas de comercialização, mas Pernambuco... esta vendo a banda passar. 
ACORDA PERNAMBUCO.

quarta-feira, 29 de maio de 2013


Você sabia que o FBES é responsável por:

Por Secretaria Executiva do FBES
Você sabia que o FBES é responsável por:
Image
Articular a economia solidária no país, através da militância de trabalhadoras/es em todos os estados, nos mais de 160 fóruns locais, que lutam pelo fortalecimento desta nova sociedade.
Manter a página www.fbes.org.br fresquinha com notícias da economia solidária do Brasil e do mundo, além de conter informações dos fóruns locais, oportunidades, uma biblioteca virtual, lançar um boletim quinzenal e muito mais!
Desenvolver o portal Cirandas, com blogs, página para os empreendimentos de economia solidária, ferramentas para inteligência econômica e interação no universo da economia solidária: www.cirandas.net
Ter uma Secretaria Executiva Nacional, com equipe diariamente atuando de acordo com as deliberações do FBES, com escritório em Brasília-DF.
Atuar para o controle social e fortalecimento das políticas públicas, tanto no nível municipal e estadual, quanto nacional, principalmente junto ao Conselho Nacional de Economia Solidária e com órgãos federais que tem ou possam ter ações de economia solidária.
Manter reuniões trimestrais de sua Coordenação Executiva, responsável pela gestão política cotidiana, e ainda encontros anuais de sua Coordenação Nacional, principal espaço de orientação política do FBES.
Realizar a cada três anos uma Plenária Nacional de Economia Solidária, convocando toda militância para debates e novas orientações para a economia solidária.
Dinamizar atividades de Grupos de Trabalho, para aprofundamento de temas estratégicos e subsídio aos fóruns locais e estaduais de economia solidária, nos temas: Educação e Cultura; Finanças Solidárias; Marco Legal; Estratégias Econômicas; Articulação com Movimentos Sociais, Comunicação e Relações Internacionais; Mulheres; e Raça, Etnia, Povos e Comunidades Tradicionais.
Representar o Brasil em redes e articulações internacionais de economia solidária: Espacio por um Mercosul Solidário, Rede Intercontinental de Promoção da Economia Social e Solidária, Mercosul Social e Solidário.
Dialogar e convergir ações e pautas com outros movimentos sociais, somando forças em diversas lutas sociais, no nível local e nacional, por exemplo, com participação no Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, e na construção do III Encontro Nacional de Agroecologia.
Isso é só um pouquinho do que milhares de pessoas constroem nesta grande rede. Envolva-se também para a construção do Bem-Viver! Diversas são as formas para isso: no consumo, na produção, na cultura, nas campanhas, na pressão social e na contribuição voluntária e militante para o Fundo Solidário do FBES, seja local ou nacional.
Fundo Solidário do Fórum Brasileiro de Economia Solidário: Caixa Econômica Federal - Agência 1041 op 003 C/P 1940-3
“muita gente pequena, em muitos lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, mudarão a face da terra” (provérbio africano)

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Novas Representações de Pernambuco no FBES.



 Adeildo Fernandes da Silva (Assessoria)

Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá
Recife/PE
Telefone: (081) 9984 - 1322
Correio Eletrônico: adeildo@centrosabia.org.br

» Luiz Damião Barbosa (Empreendimento)

ASSIM - Associação dos Agricultores Agroecológia das comunidades Imbé, Marrecos e Sítios Vizinhos
Lagoa do Itaenga/PE
Telefone: 81-9425-1969 (claro)/ 9798-5093 (tim)

» Maria Severina da Silva (Empreendimento)

Rede de Mulheres Produtora do Paulista
Recife/PE
Telefone: (081) 8761 - 6944
Correio Eletrônico: ninavini@gmail.com
 

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Economia Solidária esta fora da Conferencia Municipal do Recife.



Economia Solidária esta fora da Conferencia, isto mostra o desprestigio dado ao movimento, mesmo tendo uma gerencia na própria secretaria, o Fórum de Economia Popula Solidária do Recife - FEPS-Recife (que poderia ser convidado pela própria Secretaria) e Fórum da Região Metropolitana que fez sua inscrição com Nº 42 não teve sua inscrição validada. Acho que a comissão deve ter avaliado o movimento quanto cultura, mas o movimento trabalha a geração de trabalho e renda, os trabalhadores associado e cooperados, apoia todas as lutas a favor do meio ambiente e desenvolvimento sustentável entre outras muitas transversalidades, onde o ser humano é a parte principal do Movimento. Fica o protesto do Movimento ser excluído de importante evento que trassará um perfil para o futuro da Cidade do Recife.
Artur Melo de Souza
FEPS-RMR/FEPS-PE

http://www.economiasolidariaempernambuco.blogspot.com.br/

sexta-feira, 17 de maio de 2013

FBES lança loja virtual em comemoração aos 10 anos




Por Secretaria Executiva do FBES

Image


Nas comemorações de 10 anos da criação do Fórum Brasileiro de Economia Solidária foi lançada nesta quarta-feira (15), durante o Seminário Nacional da Rede CFES (Brasília), a loja virtual do FBES.

O objetivo da loja é ser uma estratégia para contribuir com a organização e sustentabilidade da articulação do movimento de Economia Solidária no Brasil.

A loja está em construção e em breve será lançada uma chamada para empreendimentos de economia solidária oferecerem os produtos à loja. Já estão disponíveis alguns modelos de camisetas com temas da economia solidária.


Contribuia também com a campanha Envolva-se para o bem-viver com o projeto no Catarse:http://catarse.me/pt/forum 

sábado, 11 de maio de 2013

FEPS-Metropolitana na II FENEARC


Teve inicio no dia 08 de maio a II Feira de Negócios do Artesanato de Camaragibe - II FENEARC,  que irá até o dia 12 de maio. O Fórum de Economia Popular Solidária da Região Metropolitana do Recife - FEPS-RMR esta presente com dois standes e a participação de 7 empreendimentos de cidades da Região Metropolitana, Mariart e Curado Artes (Jaboatão dos Guararapes), Artecal (Abreu e Lima), Rede de Mulheres Produtoras do Paulista, Artes dos Sonhos e Kadoshi Artes (Paulista) e Artana e Cia - Alimentação (Recife). O FEPS-RMR agradece a Coordenação do Evento nas pessoas de Daniel Passos, Ceça Santos e Feliciano Felix pela oportunidade e apoio para a participação no evento. E desde já esperamos a III FENEARC.


Produtos dos empreendimentos

Produtos dos empreendimentos

Produtos dos empreendimentos

Produtos dos empreendimentos

Representando a Secr. de Cultura do Estado Breno Nascimento e  a Empreendedora Rosana Pontes da Artana e Cia/UNEES , ambos do Conselho Estadual de Economia Solidária de Pernambuco.

Abertura oficial do evento com organizadores e convidados

Inicio da organização do stand coletivo

Os participantes: ARTECAL, Artes Curado, Artes dos Sonhos, Artana e Cia, Kadoshe Artes, Rede de Mulheres Produtoras do Paulista e Mariart.

Stand proto para receber o publico.

Cisternas de Plastico PVC, somos contra!


quarta-feira, 1 de maio de 2013

Tenha uma loja virtual no CIRANDAS - 100% grátis.




Boa noite companheiras e companheiros empreendedoras e empreendedores solidários.

Tenha uma loja virtual 100% gratis (sem adesão, hospedagem, taxas, nada, nada, nada mesmo). Basta aderir ao cirandas.net. Basta encaminhar um simples pedido para a Coordenação do Fórum de Economia Popular Solidária de Pernambuco ou para a coordenação da sua região.

O prazo final é 10/05 de 2013

Basta informar:
1 - Nome do Empreendimento
2 - Sigla ou Nome Fantasia do Empreendimento
3 - Cidade e Estado
4 - 1ª pessoa de contato ( Nome completo, e-mail e telefones para contatos)
5 - 2ª Pessoa de contato ( Nome completo, e-mail e telefones para contatos)

Vejam no Link abaixo a loja virtual do Art Gravatá da cidade de Gravatá em Pernambuco para ter uma ideia de como funciona.

http://cirandas.net/catalog/art-gravata

Mais informações, veja no link abaixo.  

Artur Melo
81.99496126
artur_artana@yahoo.com.br
unees_pe@rocketmail.com


Economia Solidária e Educação Popular - Projeto Ramá.


terça-feira, 30 de abril de 2013

sábado, 27 de abril de 2013

II FENEARC - Feira de Negocios do Artesanato de Camaragibe.

















FEPS- Região Metropolitana do Recife

II FENEARC - Feira de Negocios do Artesanato de Camaragibe.

Os empreendimento selecionados para participar da II FENEARC (Feira deNegocios do Artesanato de Camaragibe), comparecer na próxima terça-feira na Agência do Trabalho em Paulista ao lado do BRADESCO as 13 h.
PAUTA: Entrega das etiquetas, formulário e formação da equipe de trabalho para
II FENEARC em Camaragibe.

RELAÇÃO DOS GRUPOS:

* ARTANA e CIA (Recife)
* ARTE DOS SONHOS (Paulista)
* ARTES CURADO (Jaboatão dos Guararapes)
* ARTECAL (Abreu e Lima)
* KADOSHY (Paulista)
* MARIARTES (Jaboatão dos Guararapes)
* REDE DE MULHERES PRODUTORAS DO PAULISTA (Paulista)

Qualquer dúvida ligue para: (Alê 88575251 ou Nina 30537093)

ARTEPE 10 ANOS.



A Diretoria da Artepe (Associação de Realizadores de Teatro de Pernambuco) convida para a Festa de 10 Anos da entidade, no dia 29 de abril de 2013 (segunda-feira), às 18 horas, no Plenário da Assembléia Legislativa de Pernambuco, em Reunião Solene, proposta pelo Deputado Estadual Sérgio Leite, seguida de coquetel acompanhado do Cantor Jor Santana (voz e violão).

Contamos com a presença de todos/as que direta ou indiretamente construíram conosco essa história.

Fraternalmente,

Feliciano Félix

Reunião mensal do Fórum da Região Metropolitana do Recife


quarta-feira, 24 de abril de 2013

Economia Solidária - Agreste de Pernambuco




ATENÇÃO - AGRESTE PERNAMBUCANO.

Companheiras e Companheiros,

O Fórum Agreste de ECOSOL durante a I Plenária de Lagoa de Itaenga/PE agendou uma reunião para o dia 29/04/2013 para reorganizar o Movimento de Economia Solidária no território. 
A Casa da Mulher de Gravatá e demais participantes presentes na Plenária estão articulando os grupos / entidades que atuam no Agreste. 
Local: Secretaria Executiva de Trabalho e Renda do Município de Gravatá/PE
Referência: Próximo a Praça Matriz - antigo prédio da Microlins
Horário: 9:00h
Pauta Proposta:

- Contexto Atual do Fórum Agreste de Economia Solidária / Estratégias para o seu fortalecimento

- Levantamento das prioridades do Movimento de Economia Solidária/ Fórum Agreste

- Construção de agenda de ações da Economia Solidária
Abraços Fraternos.

Joselle Moura
(81) 9726.1070/ 8824.8423
msn: joselleferreira@hotmail.com
skype: joselleferreira

domingo, 7 de abril de 2013






Recebemos a informação de Lourdes que confirmou o espaço para a reunião mensal do FEPS-RMR


Dia 08 de abril 

CASA DE PROJETOS (ANTIGO CEAV)

Rua Maria Ramos 529 - Bairro Novo

Quem vem de ônibus no sentido Recife/ Olinda desce na para do bano HSBC, 

entra na rua da Policlínica da Mulher,quarta rua á direita (tem uma academia de esquina) 

o espaço está reservado para o dia 08/04/13 das 9hs ás 17hs.

-- 
NINA SILVA
(81) 3053.7093
(81) 8761.6944

Artur Melo
81.99496126

.

[link=http://www.recados-animados.com] [/link] [b]Mais recados? http://www.recados-animados.com[/b]

O Analfabeto Politico.

O Analfabeto Politico.
O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. Bertold Brecht

RADIO ARTANA -Bom gosto e qualidade.