Contatos:

economiasolidariaempernambuco@yahoo.com.br

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Aprovado projeto que permite acesso das cooperativas de crédito aos recursos do FAT

Fonte:http://www.cooperativismo.org.br/cooperativismo/noticias/noticia.asp?id=19873&idc=[idc]

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12/12), o PL 3.067/2011, que  possibilita o acesso direto aos recursos provenientes do FAT pelos bancos cooperativos, confederações e centrais de cooperativas de crédito. A redação da proposta, que integra a Agenda Legislativa do Cooperativismo,  foi redigida a partir das sugestões do Conselho Especializado de Crédito da Organização das Cooperativas Brasileiras (Ceco/OCB) e alinhada com a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) desde o início da Legislatura.

O Sistema OCB trabalhou intensamente pela aprovação da matéria, que ratifica o argumento de que cooperativas de credito reúnem características que habilitam a cumprir na plenitude a tarefa a eles confiada pelo Poder Público.

O superintendente da OCB, Renato Nobile, ressalta o fato de que com quase 5 mil pontos de atendimento, as cooperativas de crédito hoje são os agentes do mercado financeiro com a melhor relação de distribuição de volume na carteira de credito rural. “O acesso ao FAT por parte das cooperativas de crédito se justifica por ser uma alternativa segura e eficiente para promover o acesso ao crédito de forma efetiva, dinâmica e com menor burocracia, gerando desenvolvimento para o país através do aumento de emprego, renda e produção de alimentos”, afirma.
 
Tramitação
No Senado Federal, a matéria tramitou na forma do Projeto de Lei do Senado (PLS) 40/2011, sendo distribuído às Comissões de Assuntos Sociais (CAS) e Assuntos Econômicos (CAE), sob a relatoria da ex-senadora Marisa Serrano (MS) e do senador Casildo Maldaner (SC), que apresentaram pareceres favoráveis à aprovação.

Na Câmara dos Deputados, coube à Comissão de Agricultura realizar a primeira análise técnica a respeito do projeto.  Ao concordar com a posição apresentada pelo Sistema OCB, o relator e representante do Ramo Agropecuário da Frencoop, deputado Valdir Colatto (SC), apresentou parecer pela aprovação da matéria conforme o texto do Senado Federal, sem alterações.
 
Com a colaboração do presidente da Comissão, deputado Raimundo Gomes de Matos (CE), o projeto foi incluído extra-pauta e aprovado por unanimidade. Durante a discussão, o deputado Assis do Couto (PR) teve importante papel na negociação para a aprovação do PL 3.067/11 ainda este ano, evitando assim que a matéria fosse apreciada apenas em 2013.

O projeto segue agora para a análise da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara.

1 º EAF - ENCONTRO DA AGRICULTURA FAMILIAR DA MATA NORTE E AGRESTRE SETENTRIONAL,

Fonte: Zafira Peixoto.


CONVIDO A TODOS E SOLICITO QUE DIVULGEUM A REALIZAÇÃO DO 1 º EAF - ENCONTRO DA AGRICULTURA FAMILIAR DA MATA NORTE E AGRESTRE SETENTRIONAL, QUE TEM COMO TEMA: A AGRICULTURA FAMILIAR E O MERCADO INSTITUCIONAL.

JOSIMARIO MARQUES
81.96798954/87306938/91358494

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Vídeo V Plenária Nacional de Economia Solidária


NOTICIAS DA V PLENÁRIA NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA.



Hoje (11/12/12) foi definido que o FBES continua sendo um instrumento do movimento de Economia Solidária, além de continuar com a mesma estrutura dos seguimentos compostos pelos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES), Entidades de Apoio e Fomento (EAF) e Gestores Públicos (GP).

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Acompanhem depoimentos na Plenária Nacional de Economia Solidária.


Assunto: [e_solidaria] Acompanhem depoimentos na Plenária!


Oi pessoal,

   A equipe de comunicação da V Plenária Nacional de Economia Solidária está disponibilizando diariamente mini-depoimentos de participantes da Plenária, além de algumas cenas, como momentos da abertura ontem à noite!

   Acompanhe, divulgue nas suas redes:

http://cirandas.net/v-plenaria-nacional-de-economia-solidaria

      Abraços,

         daniel

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Cáritas Diocesana de Pesqueira realiza feira de economia popular solidária


Fonte: .encartnoticias.com

No dia 07 de novembro, terceiro dia da Semana da Solidariedade, a Cáritas Diocesana de Pesqueira realizou em sua sede a Feira da Economia Popular Solidária, tendo o propósito de  promover e estimular o consumo de bens e serviços produzidos pelos empreendimentos econômicos solidários.

A sindicalista Valuzia, de São Bento do Una, participante da feira, declarou que esta é uma oportunidade de consolidação das redes de economia solidária via troca e comercialização de produtos e matéria-prima. Para as rendeiras da Cáritas Paroquial Cruzeiro de Poção, que também estiveram comercializando na feira, a integração entre os grupos é muito boa nessas ocasiões, bem como a troca de experiências sobre aspectos produtivos e o aprimoramento da formação.

A intenção é que a Feira de Economia Popular Solidária se realizem todas as quartas-feiras. A Semana da Solidariedade foi escolhida para o pontapé inicial, para que se processe o fortalecimento das relações solidárias entre as associações, na perspectiva de construção de uma cultura da solidariedade.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Feira de Empreendimentos de Economia Solidária da Região Metropolitana do Recife


Feira de saberes e sabores e rodada de negociação na Zona da Mata de PE


Imagem removida pelo remetente.
__._,_.___

I Seminário de Fundos Solidários de Pernambuco




CONVITE

Prezados/as Parceiros/as,

Temos o prazer de convidá-los/las a participar do I Seminário de Fundos Solidários de Pernambuco, que tem como principais objetivos:
Þ    Socializar os resultados do Mapeamento dos Fundos Solidários de PE;
Þ    Estabelecer ações de articulação entre os Fundos Solidários no Estado;
Þ    Elaborar estratégias para a construção de Políticas Públicas para o fortalecimento dos Fundos Solidários em Pernambuco.

Data: 05 e 06 de dezembro de 2012;
Local: Centro de Educação Comunitária e Social do Nordeste - CECOSNE
Endereço: Rua José Osório, 124 – Madalena – Recife/PE
Horário: 9h as 17h.

Favor confirmar sua presença:
Joselle Moura -  Agente Estadual de Mapeamento de Fundos Solidários
Fundação Grupo Esquel Brasil
Contatos:  E-mail: joselle@esquel.org.br  /   Cel: (81) 9667.0696

Contamos com a participação de tod@s para fortalecemos ações dos Fundos Solidários no Estado de Pernambuco.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

REUNIÃO ORDINÁRIA DO FÓRUM ECOSOL MATA SUL




Prezad@s companheir@s
Paz e Bem.
Lembro da nossa reunião ordinária do fórum de economia solidária da Mata Sul.
DIA: 05 DE NOVEMBRO DE 2012 - PRÓXIMA SEGUNDA FEIRA
HORA 08:30 HORAS
LOCAL: CÚRIA DIOCESANA DOS PALMARES.
PAUTA:
1. MÍSTICA E FORMAÇÃO SOBRE ECONOMIA SOLIDÁRIA - Ir. Sandra
2. PARTILHA DOS EMPREENDIMENTOS PRESENTES (história, o que faz, quanto tempo existe, desafios, lutas...)
3. PARTILHA DO ANDAMENTO DA FEIRA -  Comissão feira
4.PARTILHA DO II MOMENTO DA V PLENÁRIA ESTADUAL - Participantes
5.PROJETO EMPREENDEDOR JOVEM - Risoneide
6. REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM - Comissão responsável
7. REUNIÃO CENTRO SABIÁ
8. OUTROS ASSUNTOS

Aguardamos a presença de tod@s.
Convidem outros militantes da Economia Solidária.
Abraço e até segunda feira.
Ir. Sandra.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

CFES NACIONAL - Etapa 1: Publicações.

Fonte: e_solidaria/FBES



Olá companheiras/os do e_solidaria,

Estão disponíveis as publicações produzidas pelo projeto CFES Nacional, implementado pela Cáritas Brasileira em convênio com a SENAES.
Para acessar, clique nos links abaixo ou vá na página do CFES Nacional no Cirandas (http://cirandas.net/cfes-nacional/cfes-nacional/cfes-nacional-conclusao-de-uma-etapa)

Os livros e o DVD foram produzidos com a contribuição de muitas pessoas, às quais agradecemos imensamente!
Que o material esteja presente nas atividades formativas, na próxima etapa do CFES e nas leituras futuras que vcs fizerem.
Em breve, serão enviados exemplares para os coletivos estaduais de educadores/as, organizações que implementaram o CFES nesta primeira etapa, para a SENAES e sec exec do FBES, além do Fórum EJA, Educampo, RECID e Rede de Gestores.
O envio para os coletivos estaduais de educadores/as será via Superintendências, sendo que como o material sairá do Rio Grande do Sul, Katiucia estará dando o apoio para a comunicação do envio do material para uma pessoa de cada coletivo estadual.

Seguem os links...
Autogestão e pedagogia – reflexões e socialização da experiência do CFES CO: com textos de Luigi Verardo, Henrique Novaes e Mariana Castro e a experiência do CFES CO sobre percurso pedagógico.
Sistematização de experiências da economia - referenciais, etapas e ferramentas para o processo de sistematização: produzido em parceria CFES Nacional e Brasil Local/ Articulação Nacional.
Assessoria técnica em economia solidária - reflexões e experiências: fruto da Oficina sobre Metodologias de Assessoria Técnica para Empreendimentos da Economia Solidária.
Economia solidária - documentos, trajetórias e organização do movimento : traz documentos do movimento de economia solidária e texto sobre trajetórias da universidade, igreja, PT e MST no campo da economia solidária, resultado da Oficina sobre Formação Política e Economia Solidária.
E os vídeos, estão disponíveis no iTEIA. Acesse clicando nos títulos dos vídeos:
DVD com Vídeo Carta da Feira de Santa Maria/ 2011 e o Vídeo Educação Popular e Economia Solidária – Fios e Nós.
Abraços,
Rosana Kirsch

sábado, 13 de outubro de 2012

CARTA DA REGIÃO NORDESTE RUMO À V PLENÁRIA NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA




CARTA DA REGIÃO NORDESTE RUMO À
V PLENÁRIA NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Nós, homens e mulheres participantes do movimento de Economia Solidária da Região NE, reunidas/os em Olinda/PE, no dia 15 de Maio de 2012, a partir das nossas experiências e dificuldades vivenciadas, em construção do processo de acúmulos e diálogos rumo à V Plenária Nacional de Economia Solidária, realizamos um balanço acerca das perspectivas da ecosol desde a IV Plenária em 2008.

Foram trabalhados os Eixos Temáticos específicos e a partir daí, sugeridos pontos a serem levados a debate e proposições para a V Plenária, com os pontos específicos:

· Inserção de recursos próprios para a Economia Solidária dentro dos orçamentos públicos das 03 (três) esferas do governo;

· Atingir a meta das assinaturas previstas para a aprovação da Lei Geral da Economia Solidária;

· Marco Regulatório que supere a Lei de Licitações e Contratos (8.666);

· Constituir Frentes Parlamentares de Economia Solidária nos Estados com a participação popular;

· Propiciar espaços de construção de conhecimentos com respeito a diversidade da Economia Solidária;

· Intervir no processo eleitoral com o objetivo de inserir a Economia Solidária nos programas de governo municipais e nas plataformas dos mandatos de vereadores.

· Fortalecer as ações de finanças solidárias ampliando as iniciativas dos Fundos Solidários e Bancos Comunitárias, incluindo as Cooperativas de Crédito Solidário no rumo do PRONADES.

Em relação a estruturação do Fórum Nacional, ressaltamos que:

· A estruturação dos fóruns precisa acontecer de forma que não haja centralidade e que a rotatividade não prejudique o acompanhamento das Agendas Nacionais, Estaduais e Locais e que garanta o repasse das informações e demandas para o Coletivo;

· Salientamos a necessidade de ampliarmos as relações com outros movimentos sociais e entidades que atuam com temáticas complementares a economia solidária para convergirmos às lutas;

· A necessidade de fortalecimento dos fóruns como essencial para a consolidação
do movimento de economia solidária como um todo, com ênfase em suas bases territoriais;

· Continuidade da atuação dos Fóruns de maneira permanente e não só quando há demandas nacionais;

· Fortalecimento dos processos formativos de educação em Economia Solidária e formação política, com o empoderamento de conceitos, princípios e valores da Economia Solidária;

· Garantir meios de sustentabilidade dos Fóruns de forma que não haja acúmulo de tarefas e representações, através de contribuições dos próprios participantes como forma de pertencimento e outros;

· Necessidade da utilização dos espaços de Feiras para dar visibilidade às práticas solidárias;

· Refletir, sistematizar e divulgar as ricas experiências em Economia Solidária para que não se percam;

· Garantir que nos projetos com recursos públicos para a economia solidária assegurem ações que ajudem a viabilizar os fóruns, pois estes são frutos das lutas do movimento de economia solidária;

· Fortalecer e integrar movimentos sociais, como o da ASA/Agroecologia com a economia solidaria que precisam caminhar juntas principalmente aqui no NE;

Acreditamos ser um momento histórico para a trajetória da organização do movimento de Economia Solidária em todo o território nacional. A realização da V Plenária Nacional irá balizar a nossa atuação de forma a consolidar todas as nossas propostas vivencia da Economia Solidária.
Diante disto segue os subsídios discutidos e aprovados que favoreçam e fortaleçam nossas lutas e bandeiras, a partir da nossa realidade do Nordeste, com ênfase na cooperação, autogestão e solidariedade!


Olinda PE, 15 de maio de 2012

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

7ª Reunião da Rede de Educadores Em Economia Solidária de Pernambuco.






7ª Reunião da Rede de Educadores Em Economia Solidária de Pernambuco.

18 e 19 de outubro de 2012.
Local - CTC/Sala do Projeto Ramá - Rua dos Coelhos, 317 - Boa vista (Em frente ao IMIP)
Recife - PE
Horário- Inicio as 9:00hs

sábado, 6 de outubro de 2012

Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares

Fonte: Facebook - https://www.facebook.com/groups/fprumecosolmspe/





Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP (Pontodecultura Grucalp)
Na foto, momento de exposição das metas de Economia Solidária e de Cultura do candidato João Bezerra Quarenta (a esquerda). Ele levou um especialista em Ecosol, o sociólogo Lenivaldo Lima(de pé) e o Poeta escritor Prof. Vilmar Carvalho (a direita), dois respeitados lutadores nas áreas abordadas.
 — em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.

Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP (Pontodecultura Grucalp)
Na foto, 2 Membros do Corpo de Coordenadores dos Fóruns: Irmã Sandra Leoni e Solange Do Rego.
— em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.

Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP (Pontodecultura Grucalp)
Na foto, Coordenadores dos Fóruns e Produtores de Artesanato e Agroecologia, no auditório do Centro Cultural, durante exposição das metas de Economia Solidária e de Cultura dos candidatos convidados que assinaram cartas comprimissos com reivindidações das áreas.
 — em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.

Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP (Pontodecultura Grucalp)
Na foto, Zé Otavio (31) no auditório do Centro Cultural, após expor suas metas de Economia Solidária e de Cultura para Coordenadores 
dos Fóruns e Produtores artesanais e de agroecologia, concorda assinar as cartas com as reivindicações apresentadas e afirmou que maioria das reivindicações já fazem parte de seu Programa de Governo e é colaborador da Feira de Economia Solidária que ocorre semanalmente toda quarta-feira em Palmares.
Essas assinaturas foram realizadas em duas cópias. Uma cópia ficou com o candidato e outra ficou com as Coordenações dos Fóruns.
 — em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.


Reunião das Coordenações do Fórum Ecosol Mata Sul Pernambucana e do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP (Pontodecultura Grucalp)
Na foto, João Bezerra Quarenta no auditório do Centro Cultural, expôe suas metas de Economia Solidária e de Cultura para Coordenador
es dos Fóruns e Produtores artesanais e de agroecologia. Presenças de assessores do candidato: Lenivaldo Lima, Vilmar Carvalho e do candidato a VereadorJoão SobrinhoJoão Bezerra (40) assinou as cartas de compromissoa com as reivindicações apresentadas e afirmou que mairia das reivindicações já fazem parte de seu Programa de Governo. Pediu desculpas por sua vice Carolina Lyra Magalhães Assunção não comparecer porque estava numa cirurgia urgente, pois ele é médica.
Essas assinaturas foram realizadas em duas cópias. Uma cópia ficou com o candidato e outra ficou com as Coordenações dos Fóruns.
 — em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.

Reunião das Coordenações do Fórum de Ecosol Mata Sul Pernambucana e do do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP
Na foto, Antonio DE Castro (21) assina as cartas de compromisso com as reivindicações apresentadas. Ele disse que concordava com tudo, e, muita coisa alí apresentada estava incluída no seu programa de Governo. Assinou sem ler, em total confiança. Ao fundo vemos o Prof. Carlos, Vice de Castro.
Essas assinaturas foram realizadas em duas cópias. Uma cópia ficou com o candidato e outra ficou com as Coordenações dos Fóruns.
 — em CENTRO CULTURAL DO GRUCALP.

Reunião das Coordenações do Fórum de Ecosol Mata Sul Pernambucana e do do Fórumpermanente De Cultura Dos Palmares, com os candidatos a Prefeito dos Palmares, durante a manhã do dia 21 de Setembro de 2012, no auditório do Centro Cultural do GRUCALP


sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Centro Sabiá divulga proposta do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutrição de Pernambuco.




Prezados/as,

Espero que estejam todos bem!

Ontem a tarde tivemos uma reunião de organizações da Sociedade Civil que atuam no CONSEA/PE para uma rápida apresentação do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Pernambuco. O Plano entrou em Consulta Pública ontem e ficará por 20 dias a disposição para contribuições da sociedade. Acho que essa é uma grande oportunidade de contribuirmos com uma política tão importante para acabar com um dos grande males de nossa sociedade que é a fome.

O Documento e os formulários estão disponíveis no link a seguir, e o processo de contribuição é por meio eletrônicohttp://www2.sedsdh.pe.gov.br/web/sedsdh/consulta_publica.

Não vamos perder essa oportunidade de contribuir. Divulguem em suas listas.

Abraços

Alexandre Henrique Pires
Centro Sabiá
(81) 3223-7026
(81) 9945-0600

Reunião do Conselho Estadual de Economia Popular Solidária de Pernambuco


Prezados(as) Conselheiros(as)


Convocamos para a 15ª Reunião Ordinária do CEEPS/PE:

Dia: 09/10/12

Horário: 10:00h às 13:00h

LOCAL:Auditório do Prédio da Policia civil, (1º andar)

Endereço: Rua da Aurora, 487, Boa Vista


Certa de contar com a presença de todo(as).

Atenciosamente.

Zafira Peixoto
Gestora de Economia Solidária
Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo
FONE: 31837040 FONEFAX: 31837024

Fórum de Economia Popular Solidária da Região Metropolitana do Recife.





Apos a aprovação do Regimento Interno do FESP-RMR, que tem o intuito FORTALECER O FEPS-PE e disciplinar a participação  no Regional, apresentamos os nome das entidade e empreendimentos que enviaram a adesão ao FEPS-RMR até  a presente dada (05/10/2012). Estamos no aguardo de novas adesões.






Entidades de Apoio e Fomento.
  1. Cooperativa de Desenvolvimento das Atividades Rurais e Ambientais – VIA DO TRABALHO.
  2. Escola Sindical da CUT no Nordeste.
  3. INCUBAÇÃO FAFIRE - Faculdade Frassinetti do Recife.
  4. SINDAREM - Sindicato dos Artesãos dos Municípios da Região Metropolitana de Pernambuco.
  5. FACARPE - Federação das Associações, Cooperativas e Grupos Produtivos de Artesãos de Pernambuco.
Empreendimento Econômicos Solidários
  1. Acooperarte Mulheres de Abreu e Lima. - Abreu e Lima
  2. Associação Mulheres Produtoras de Olinda – AMPO. - Olinda
  3. Kadoshi Art’s. - Paulista.
  4. Cristina Lopes Artesanatos. - Paulista.
  5. Associação Artes Curado. - Jaboatão do Guararapes.
  6. Arte dos Sonhos.- Paulista.
  7. Artana e Cia – Artesanato e Alimentação.- Recife.
  8. Semeando Futuro.- Recife
  9. Mariart.- Paulista
  10. Associação Artesanal e Cultural de Abreu e Lima. – ARTECAL.- Abreu e Lima.
  11. Associação Amigos Refletores da Cultura.- Recife
  12. Cooperativa de Arte e Cultura Percussão Para o Futuro. – COOPERCURSÃO.- Camaragibe
  13. GAESC - Camaragibe.
Abaixo o link para responder a Carta de Adesão ao FEPS-RMR

Regimento interno no link abaixo.


Artur Melo.

.

[link=http://www.recados-animados.com] [/link] [b]Mais recados? http://www.recados-animados.com[/b]

O Analfabeto Politico.

O Analfabeto Politico.
O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. Bertold Brecht

RADIO ARTANA -Bom gosto e qualidade.